Terra de sangue

Rodrigo Ramos

Comprar na WOOK
sinopse
Um olhar sobre a coragem e patriotismo do povo português

  Quando o jovem Filipe abandonou o seu Alentejo e em França se fez soldado ao serviço de Napoleão, estava longe de imaginar que um dia haveria de trair o seu imperador e desertar para Portugal, por fidelidade e amor à pátria. Agora, acusado de traição, terá de se unir às tropas portuguesas e inspirar coragem e esperança a um exército de plebeus.

Única mulher nesse exército, Joana é uma guerreira vingativa, que a guerra tornou mais mortal do que qualquer homem. Com a ajuda de Filipe e a lembrança constante de tudo o que perdeu às mãos dos franceses, levantará armas por Portugal.

Os caminhos destes dois lutadores vão cruzar-se com o de Lourenço, um homem que sempre acreditara que as melhores armas eram feitas de palavras. Mas quando estas o conduzem a um amor proibido, compreende que podem também trazer a morte.

Terra de Sangue revisita as Invasões Francesas numa perspetiva de entreajuda e cooperação entre Portugal e Inglaterra, num relato que enaltece o papel decisivo da população durante as invasões. No seu romance, Rodrigo Ramos relembra que a História de Portugal foi redigida por pessoas simples que souberam resistir e defender bem mais do que era seu por direito.
Rodrigo Ramos
Rodrigo Ramos nasceu em Setúbal, em 1982. Começou a escrever ainda na adolescência e, mais tarde, publicou vários textos na secção DN Jovem, do Diário de Notícias.

Em 2004, licenciou-se no curso de Línguas e Literaturas Modernas e mais tarde no Ramo de Formação Educacional, pela Faculdade de Letras de Lisboa. Em 2011, concluiu o mestrado em Literaturas e Poéticas Comparadas, pela Universidade de Évora e, atualmente, leciona Língua Portuguesa num estabelecimento de ensino privado, em Lisboa.

Leitor insaciável, sempre se deixou fascinar por romances históricos.
Este é o seu romance de estreia.
Outras obras do autor
Ano de edição ou reimpressão: 2018
Editor: Coolbooks
ISBN: 978-989-766-165-5
Idioma: Português
Número de páginas (estimadas): 294